A hierarquia das sensações.

Sendo hoje um dia como este, perceberemos que é dia de amar, de adorar, de enjoar. É dia de experimentar a regressão do sentir até que percebamos que não existem, na verdade, qualquer regressão, quaisquer hierarquias entre quaisquer sentimentos. Amar, adorar e enjoar. Sensações. Patamares? Não existem. Naturalidade do processo, processo natural? Sempre. Tal naturalidade e tal processo nos tornam parte da natureza humana, da natureza de nós mesmos; fazem com que experimentemos e admitamos esta reinvenção de uma sensação a partir da outra. A partir de uma antiga sensação nós partimos para a próxima e a próxima e a próxima… Sempre tendo em mente que a satisfação nunca virá. E talvez seja esta a maior das lógicas. E talvez seja esta, também, a maior das frustrações.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: