Modificado. Literalizado.



“Quando eu leio você, às vezes sinto um pouco de solidão em suas palavras. É como se você escrevesse de um lugar onde está só, chamando alguém para ficar ao seu lado. Lá expressa alguns sentimentos, angústias, medos e etc. que quando mostrados para outras pessoas, elas não aceitaram ir até você. Por isso acontecer desta forma, você se expressa para mim de um modo triste, solitário, parecendo sentir medo de que eu não aceite o seu convite para dividir o mesmo lugar onde você está, assim como costuma acontecer…”

E estamos todos lá.

(a sua descrição sem discriçã0. e meu projeto autodevorativo).

(A estudante (1915-1916), de Anita Malfatti).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: