Mas viver é qualquer coisa…

 Cheguei à conclusão de que “qualquer coisa”

ainda que desnecessária

pois jamais poderia eu

jamais seria apta eu

para definir

para tornar em real desperdício

qualquer coisa

 

então, “qualquer coisa!”

pois desde que algo me venha

me deixará a falta

assim que o algo vier

me deixará de pertencer

tudo o que faltou

 

Qualquer coisa!

Em pedaços, mas vai

Sem onde ou quando

Mas vai, vai…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: