For-te

ontem eu assumi para uns amigos: não sei se aguentaria. realmente não sei. não sei se tenho, ou teria, tanta força.
ler alguns relatos de mulheres trans no facebook, e de mulheres cis que fogem do padrão da heterossexualidade, mexe muito comigo. como boa libriana eu só consigo repetir e repetir “porra, chega, não é justo!”, mas a verdade é que tudo isso vai até além do que podemos compreender como justiça ou não.
saber da existência de tantas e tantas famílias e demais instituições destrutivas que não permitem ao outro ser quem ele simplesmente é, que persegue, machuca e até mata, dói. já chega! deixem elas em paz!

eu não sei se teria a força que elas têm, não sei se aguentaria enfrentar o que elas aguentam. eu mal aguentei tudo o que aconteceu pra mim…
… a real é que eu nem precisaria dizer nada disso. só vale a pena dizer uma coisa: ler vocês me faz mais forte.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: